VIVENDO NO MATRIARCADO

VIVENDO NO MATRIARCADO

Nem toda mulher precisa ser mãe, mas as sociedades matriarcais existem e funcionam. Algumas delas são mais antigas, estáveis e bem sucedidas do que você imagina. Neste Dia Internacional da Mulher, olhamos para esses grupos na tentativa de entender o que os torna tão especiais.

Essa é a campanha de financiamento coletivo que mantém esse canal no ar: https://www.padrim.com.br/meteorobrasil

O Meteoro já caiu no facebook, no twitter e no instagram:
https://www.facebook.com/meteorobr/

https://www.instagram.com/meteorobrasil/
E tem a Caixa Postal 17905, CEP 80410-981!

Trilha sonora:
Midnight Walk
https://www.youtube.com/watch?v=PQSljVL5ARA
Persona 3 FES – Maya

Referências utilizadas:
Broadly visita Umoja

Depoimento de Rebecca Lolosoli

Reportagem da revista Época sobre Noiva do Cordeiro
https://epoca.globo.com/vida/noticia/2014/10/bnoiva-do-cordeirob-terra-das-mulheres-solteiras.html
Reportagem da Vice sobre sociedades matriarcais
https://amuse.vice.com/en_us/article/bjq3ym/matriarchy-sex-women?utm_campaign=sharebutton
Broadly visita os Mosuo

Palestra de Heide Goettner-Abendroth

Umoja no Afreaka
http://www.afreaka.com.br/notas/umoja-uniao-onde-homens-nao-entram/
GloboNews visita Noiva do Cordeiro
https://www.youtube.com/watch?v=_nkyzWQ-k6M