Paz e Bem #547 – Ascensão como mergulho; ir para Fora para chegar ao Dentro – 24.mai.20

Paz e Bem #547 – Ascensão como mergulho; ir para Fora para chegar ao Dentro – 24.mai.20

O Paz e Bem deste domingo (24) foi conduzido pelo reverendo anglicano Eduardo Henrique. A seguir, a apresentação que ele preparou:

Hoje as igrejas cristãs (Católicos, Episcopais / Anglicanos, Metodistas, Luteranos, entre outros) celebram o Domingo das Ascensão. Mais que um evento histórico, tal relato deve ser visto um relato teo-poético que nos abre uma rica percepção sobre a dimensão humana de Jesus, o Cristo.
A leitura do evangelho sugerido para as celebrações da Igreja Católica e da Igreja Episcopal Anglicana divergem. Os Católicos adotam o relato de Mateus (Mt 28. 16-20), já os Episcopais Anglicanos leem o texto de Lucas (Lc 24. 44-53). A escolha, não aleatória, baseia-se em ‘ênfases’ diferentes que se quer apresentar.
Mais que aquilo que diverge, importante ver aquilo que une as duas tradições: a presença do relato, por excelência, da ascensão: os primeiros onzes versículos do Atos dos Apóstolos (At 1. 1-11). Nele, continuando o relato do evangelho de Lucas, o autor de Atos (que tradicionalmente se reconhece como o mesmo autor do evangelho de Lucas) descreve a ‘subida aos céus de Jesus’ (At 1. 9-10) e a promessa de seu retorno (At 1. 11). É na ‘descrição’ da ascensão de Jesus em Atos que convergem o meditar sobre tal momento (teológico).
Em Atos, assim como nos relatos dos evangelhos (também em Mc 16. 19-20) a ascensão é destacada como ‘ponto de partida’, para a ‘missio’ (missão); ou seja, “para fora”. Mas, tal ‘fora’ implica em um ‘dentro’: para ir para o mundo é preciso a presença da Ruah divina (Espírito) que nos impulsiona e nos enche de entusiasmo (gr. Emthousiasmós). É a tomada de consciência dessa realidade de divina em nós que re-vela a realidade humana em Deus.
A ‘subida ao céu’ deve ser visto como um pleno e definitivo mergulho de Deus em nossa humanidade, carnalidade, materialidade; na Terra. Ao ascender ao Céu, Jesus como que assumiu plenamente a sua humanidade (o relato fala em subida em corpo) e aponta para aquilo que nos tornou co-participantes dos mistérios da Trindade. No ‘Céu’, Jesus carrega consigo em seu corpo as marcas impressas pela humanidade.

* * *

• INSCREVA-SE NO CANAL PAZ E BEM: http://bit.ly/Pazebem

• FAÇA UMA ASSINATURA SOLIDÁRIA DO PAZ E BEM: http://bit.ly/AssinePazBem

ACOMPANHE A PROGRAMAÇÃO SEMANAL DO PAZ E BEM
6h – Programa Paz e Bem
Segunda – Eduardo Brasileiro
Terça – Monja Heishin
Quarta – Carla Pavão
Quinta – Iyá Adriana de Nanã
Sexta – Mauro Lopes
Sábado – Sumaya Fuad
Domingo – Reverendo Eduardo Henrique

Cursos e outros programas
6h30 – Quarta – Caminhos do Espiritismo
10h30 todos os dias – Boas Palavras para um bom dia (Dora Incontri)
17h
Segunda – Pedro Lima Vasconcelos
Terça – Marcelo Barros
Quarta – Faustino Teixeira
Quinta – Dora Incontri e Maurício Zanolini
Sexta – Fernanda Carlos Borges

19h
Domingo – Faustino Teixeira declama poesias

21h
Ofício Noturno de Completas (segunda a sábado) – Rev. Eduardo Henrique