Miguel do Rosário analisa balança comercial do petróleo

Miguel do Rosário analisa balança comercial do petróleo

Em 2019, o Brasil está exportando mais petróleo e ganhando menos.

Segundo o Comexstat, o banco online público do governo, a exportação brasileira líquida (exportação menos importação) de petróleo no acumulado dos 10 primeiros meses do ano (jan/out) totalizou US$ 9,55 bilhões, queda de 1% sobre o ano anterior; em quantidade, porém, houve aumento de 6%, para 30,7 milhões de toneladas.

As exportações nacionais de petróleo são, em sua maior parte, na forma bruta, de baixo valor agregado. Em Jan/Out 2019, o Brasil vendeu petróleo a US$ 414 a tonelada, e importou a US$ 527 a tonelada.

O óleo bruto respondeu por 80% das exportações brasileiras de petróleo, e foi vendido a um preço de US$ 400 a tonelada.

Nas importações de petróleo, a maior parte veio na forma derivada, em especial o óleo diesel, comprado ao preço de US$ 605 a tonelada. O Brasil importou mais de US$ 5 bilhões em óleo diesel nos primeiros 10 meses de 2019.

Confira mais texto, tabelas e gráficos neste link:

https://www.ocafezinho.com/?p=102096